NOVIDADES

Como são produzidas as latas de aço

O material básico usado para a fabricação das latas é o aço. O primeiro passo para o processamento do aço é a produção do ferro fundido. Isso é feito misturando-se basicamente o minério de ferro, coque e calcário utilizando-se altas temperaturas no alto-forno. O ferro fundido é colocado em um recipiente com uma porcentagem de aço pós consumo (reciclado), depois injetado oxigênio e a mistura é submetida a alta temperatura para a produção do aço.

O aço usado para a confecção das latas costuma ser processado e transformado em grandes bobinas e então transportado para a fabricação da folha de aço.  Durante a fabricação é aplicada uma fina camada de estanho, formando as folhas de flandres, ou uma camada de cromo, formando as folhas cromadas. Esses revestimentos são utilizados para proteger o aço da oxidação.

 

Bobinas de aço (flandres ou cromo) são então enviadas aos fabricantes de embalagem. Para alimentos ácidos, como os derivados de tomate, é necessária aplicação de estanho e película protetora. A aplicação da película é feita na fábrica produtora da lata antes da confecção dos corpos da embalagem. Os revestimentos são não tóxicos, seguros, elásticos e resistentes. Mais de 50 tipos de revestimentos foram desenvolvidos e testados para aplicação em embalagem de aço para contato com alimentos não representando qualquer risco a saúde. Todos são aprovados pelos órgãos fiscalizadores competentes como ANVISA, Ministério da Saúde e FDA.

Existem 2 caminhos para a produção de latas de aço: 2 peças ou 3 peças. O método tradicional – 3 peças – envolve o corte em folhas de aço, a aplicação da película protetora elástica, a litografia (impressão nas folhas de aço), o corte em blanks (retângulos menores para a conformação da folha em corpo), conformação do corpo com aplicação de solda ou agrafagem e aplicação do fundo ou tampa para que na indústria seja envasado o produto, tampado e cozido para o caso de alimentos.

 

Para fazer a lata de 2 peças – método mais recente – alimenta-se um equipamento de conformação com a própria bobina o qual estampa pequenos copos  para que depois sejam esticados em copos mais altos. O processo é chamado de “draw and wall iron” ou D&I. O resultado é um corpo de lata com espessura fina e resistente para o acondicionamento, principalmente, de bebidas.

Para a aplicação da tampa da lata de 2 peças e a tampa e o fundo da lata de 3 peças as extremidades do corpo da lata devem ser enroladas, o processo é conhecido como fabricação da flange.

 

As latas vazias são então paletizadas, armazenadas e transportadas aos envasadores os quais recebem os corpos e as tampas separadamente.

 

Existem dezenas de tamanhos e conformações de latas de aço as quais são usadas em diversos segmentos com segurança e qualidade!

 

FONTE: http://www.lataco.com.br