NOVIDADES

Consumo sustentável: O que fazer por nós e pelo planeta

Existe uma relação direta entre o que chamamos de desenvolvimento sustentável e a prática do consumo sustentável. Nesse contexto, nasce uma dúvida: O que fazer por nós e pelo planeta? Continue com a gente e entenda um pouco mais sobre como podemos ajudar.

O aço e a economia circular.

Para começar é necessário entender que o desenvolvimento sustentável é definido como “o desenvolvimento que satisfaz as necessidade da geração presente sem comprometer a capacidade de as gerações futuras satisfazerem as suas próprias necessidades”.

No entanto, os atuais padrões de produção e consumo, aliado a políticas públicas que agravam a degradação da natureza, ameaçam levar o planeta à exaustão de seus recursos, causando enorme prejuízo ao meio ambiente e afetando a qualidade de vida de bilhões de pessoas. Já estamos consumindo 50% a mais do que o planeta é capaz de repor e precisamos reduzir em até 40% as emissões de gases de efeito estufa para que a temperatura do planeta não suba mais do que 2ºC, limite indicado por cientistas para evitar grandes catástrofes climáticas.

Os benefícios da reciclagem.

Precisamos fazer uma revolução na produção e no consumo, agindo em pelo menos três frentes: mudando nossos hábitos cotidianos de consumo; demandando das empresas informação e produtos e serviços mais sustentáveis para os consumidores; e exigindo dos governantes políticas públicas integradas que estimulem padrões mais sustentáveis de produção e consumo.

Mudança de comportamento

A sedução provocada pela publicidade e a busca por posição social através da ostentação de bens levam a um consumismo que supera em muito a satisfação das reais necessidades do ser humano. É preciso alterar esse comportamento em favor de um consumo sustentável, adotando um conjunto de práticas relacionadas à aquisição de produtos e serviços que tenham por objetivo diminuir os impactos causados no meio ambiente.

E isso inclui também uma nova atitude: a de se preocupar não apenas com o preço e a qualidade dos bens e serviços oferecidos, mas ficar atento ao comportamento das empresas no que se refere à sua responsabilidade ética e socioambiental. É a responsabilidade compartilhada pelo problema que trará soluções!

Acreditamos no poder de pressão do consumidor para influenciar, com suas atitudes individuais e coletivas, as políticas e práticas de governos e setores produtivos na direção de ações que priorizem o interesse público e formas mais justas e sustentáveis de produção, distribuição, consumo e pós-consumo. Como novos padrões de produção e consumo ainda estão em construção, precisamos que o consumidor, seja também cidadão e pressione governos e empresas. Ser consumidor-cidadão é parte importante da solução!

Papel do governo

Além disso, também é preciso ficar atento às políticas públicas para sustentabilidade. As decisões governamentais influenciam a qualidade de vida dos cidadãos e a sustentabilidade socioambiental. Os governos precisam implementar políticas públicas integradas que resgatem o papel do Estado de regular e fiscalizar, impedindo padrões insustentáveis e estimulando os novos padrões de produção e consumo. Cabe aos cidadãos tomar consciência de seu poder político e pressionar seus governantes a adotarem políticas públicas para sustentabilidade.

Responsabilidade socioambiental das empresas

A responsabilidade socioambiental deve ser pressuposto e base da atividade empresarial e do consumo. Por isso, as empresas devem ser responsabilizadas pelos impactos negativos provocados por suas cadeias produtivas em relação aos seus trabalhadores, aos consumidores e ao meio ambiente.

Pensando nisso e ciente de que o meio ambiente é um compromisso social, a Metalgráfica Palmira integra a política de gestão da empresa à preservação ambiental, praticando ações efetivas e modernas que apontam positivamente para meio ambiente, sociedade e empresa.

Uma dessas ações é prevenir a poluição e evitar descartes do aço, nossa principal matéria prima que é 100% reciclável. Todo aço não aproveitado vai para a coleta para ser reciclado e reutilizado para outros fins. Essa é a parte fundamental da responsabilidade que a Metalgráfica Palmira assume com o meio ambiente e com a comunidade não comprometendo a satisfação das necessidades das gerações futuras.

Fonte: http://www.idec.org.br/